28 dezembro 2010

Rabanadas tradicionais

Como ainda estamos em época de festa, deixo mais um doce alusivo ao Natal e que esteve presente na mesa cá de casa :)
Esta receita é bastante parecida com as Rabanadas com doce de ovos. Uma diferença é que ficam um pouco mais secas... Aqui em casa como gostamos mais das rabanadas húmidas, parece que não há discussão quanto à preferência... no entanto, ambas são boas e ficam sempre lindamente na mesa de Natal :)
Leite
Casca de limão
2 colheres de sopa de açúcar
Pão
Ovo
Açúcar e canela q.b. para polvilhar

Ferve-se o leite com as duas colheres de açúcar e a casca do limão. À parte batem-se os ovos e corta-se o pão em fatias.
Mergulha-se o pão no leite, de seguida, nos ovos e leva-se a fritar em óleo bem quente. Vai-se virando de ambos os lados para que fiquem douradinhas.
Quando fritas, envolvem-se em papel absorvente e polvilha-se com açúcar e canela a gosto. 
É deixar arrefecer e saborear :)
Quem gostar, pode passar no meu outro blog Pegadas de Veludo... Coloquei uma foto do saco de Natal :)

27 dezembro 2010

Passatempo - As Nossas Receitas

A B.V. deixou outro passatempo no seu blog bem interessante! Consiste em juntarmos e criarmos, todas juntas, um albúm com receitas :) É uma boa maneira para que todas usufrua-mos! E cada mês tem um tema! Este primeiro, o tema é: Doces de Natal!! Não custa nada participar, por isso... vamos lá pessoal! Visitem aqui o passatempo... ela explica muito melhor em que consiste e as regras :)

Eu vou participar com a receita: Rabanadas com Doce de Ovos :)

Passatempo da B.V.

Mais um passatempo que a B.V. colocou!!  O prémio é esta revista e ainda podemos escolher uma receita a gosto para participar!!! De que esperam?! Toca a participar... Aqui

26 dezembro 2010

Rabanadas com doce de ovos

O natal é uma época muito bonita mas também, bastante cansativa, confesso! Há sempre muitas coisas para fazer e acabamos por passar o dia numa correria para que o resultado final seja o melhor :)
Este ano resolvi fazer rabanadas, as tradicionais, polvilhadas com açúcar e canela e, outras, com doce de ovos, baseadas aqui! O resultado foi bastante positivo e vão passar a fazer parte das principais doçarias aqui de casa na noite de natal :) Ficam mais húmidas, que para quem gosta delas assim... são fantásticas :)
Experimentem...

Leite
2 ovos
2 gemas
Pão de forma caseiro
óleo para fritar
canela q.b.
+/- 6 ml água
1 casca de limão

Corte o pão em fatias e bata os 2 ovos. Mergulhe o pão no leite, e, de seguida, passe-o pelo ovo batido. Deixo escorrer e leve a fritar em óleo bem quente, virando as fatias de modo a ficarem douradinhas de ambos os lados. Depois de estarem fritas, retire-as e coloque-as em papel absorvente. (eu até costumo enxaguar as fatias e depois coloca-las na travessa)
Para o doce... Leve a água com 2 colheres de açúcar e a casca do limão ao lume até ferver. 
Retire do lume e deixe repousar um pouco. Posteriormente junte as gemas, mexa bem e leve ao lume novamente, mexendo sempre até querer ferver.
Regue as fatias com o doce de ovos, polvilhe com canela e sirva.

23 dezembro 2010

Ofertas e um Feliz Natal

Primeiro que tudo desejo a todos um óptimo natal! Que seja repleto de magia e que traga, ao coração de todos nós, paz, bondade, sabedoria e fraternidade!

Bem, e como está quase aí à porta... é uma correria de afazeres para que tudo esteja perfeito! 
Este ano decidi seguir a sugestão que muitas blogueiras deixam nos seus blogs e, experimentar fazer umas bolachinhas para oferecer no natal...uiiiii.... foi a tarde de ontem toda a fazer bolachas! E hoje a manhã afazer os embrulhos!! Mas valeu a pena :)
Quanto à receita, retirei do blog "As Minhas Receitas"! Apenas reduzi no açúcar... depois dividi as bolachinhas por embrulhinhos e amanhã à noite, vou oferecer cá em casa! Não é presente... é apenas um miminho especial que acho que vão gostar :)

20 dezembro 2010

Bolo de Aniversário

Um aniversário sem bolo... não é um aniversário completo!!! Assim como um bolo de aniversário sem velas e faca... também não é um aniversário propriamente perfeito!!! Essa foi a nossa peripécia da noite... depois de um bolo de aniversário, guardanapos, copos (...) Faltava-nos as velas e a faca! Sem velas não se apagam as luzes e não se pedem os desejos e sem facas, não há fatias para ninguém... As velas arranjaram-se :) Graças a uma fofa que nos desenrascou... a faca, foi mais difícil! Utilizamos uma palhinha e a coisa lá resultou... com fatias não muito direitas... mas isso não é importante!!! Espero que a aniversariante tenha gostado :P
A receita do bolo é esta aqui! É a mais usual para os bolos de aniversário aqui de casa :) Quanto ao creme, utilizei o do bolo de bolacha... Depois foi só decorar :)

18 dezembro 2010

Fotos recentes de uma "chicharada" de marisco...

Até que enfim, um pouco de descanso! Uns diazinhos de férias para colocar as coisas em ordem já me estavam a fazer falta, verdade seja dita! As prendas de natal estão feitas, mas falta fazer uns embrulhos especiais, cartões... umas doçarias, umas outras prendocas artesanais e ainda, arrumações e trabalhos e mais trabalhos... Este ano as decorações natalícias estão um pouco mais pobres que o habitual... talvez ainda resolva fazer uma coroa e outras coisas mais simples!...
Enquanto isso, deixo aqui uma foto bem gostosa, a meu ver, claro, da última chícharada de marisco já postada aqui no blog!!
É só para abrir o apetite, como é hora de almoço... :P

12 dezembro 2010

Azeitonas pretas

Contando os dias para descansar um pouco! Vida de estudante por vezes não é assim tão fácil como parece! Nestas alturas é frequências e trabalhos...  o tempo, escasso, mal dá para as pequenas e saborosas coisas! Mas já falta pouco! 
Enquanto isso, deixo uma dica simples para tornar uma entrada usual bastante saborosa... :)
 1 frasco de azeitonas pretas
3 alhos picados
oregãos
Azeite
Vinagre
Alecrim

Dei 2 golpes nas azeitonas, coloquei-as numa taça e coloquei tudo um pouco a olho, o azeite,o alho picado, um pouco de vinagre, o alecrim e os oregãos. Deixei repousar durante uns dias para apurar o sabor e depois servi! :)
Eu gosto imenso de azeitonas pretas :P

01 dezembro 2010

Bacalhau à Pescador

 
Depois de um dia gelado... nada melhor que um bom bacalhau... se bem que o bacalhau, para mim, é bom de todas as maneiras! :) 
é uma das receitas que mais aprecio! E como hoje me disseram... "não é para me gabar! Eu não gosto de gabar"... mas este bacalhau ficou muito gostoso! :)

3 postas de bacalhau
2 cebolas grandes
8 batatas
1 pimento verde
3 dentes de alho
1 copo de Vinho branco
Azeite
Pimenta em grão
2 malagueta
1 folha de louro
Polpa de tomate ou tomate
1 tigela de ameijoas
Salsa picada, sal q.b.
Demolhe previamente o bacalhau em água e sal.
Descasque as cebolas e as batatas e corte-as, ambas, às rodelas. Corte os pimentos às tiradas e tire-lhes as sementes.
(eu utilizo uma panela de barro porque dá mais gosto)
No fundo de uma panela de barro coloque o azeite e refogue os alhos esmagados com colorau e  pimenta. Disponha por cima as cebolas às rodelas, os pimentos, as batatas, ameijoas, a polpa de tomate, e o louro.
Junte o bacalhau, as malaguetas e regue com o vinho branco e o restante azeite. Tempere com sal, pimenta  acabada de moer e a salsa picada.
Sobre o bacalhau, coloque um pedaço de manteiga. Tape, de modo a não entrar vapor. 
Deixe ferver lentamente para apurar. Quando pronto, retire e sirva de imediato :)

27 novembro 2010

O resultado da colheita de verão...

Uma das coisas que recordo com saudade da minha infância e do verão, são as amoras! Talvez porque o meu aniversário calha nesta época e desde sempre, íamos passear, apanhar amoras e levar para casa, para a mãe enfeitar os doces e para se colocar na mesa... era uma delícia! Era raro o ano em que faltasse amoras no meu aniversário!! As melhores mesmo, eram as comidas na altura, acabadinhas de apanhar e sem serem lavadas!
Que bons tempos, que saudades... Hoje em dia, embora continue a apanhar amoras, não é como nos tempos passados... 
E, para além de enfeitar doces, utilizo-as também para fazer licor! Há imensas maneiras de fazer... eu decidi experimentar esta!
Licor de Amora

1k de amoras silvestres
1l de água-ardente
1k de açúcar
Quem preferir pode colocar um pau de canela, dá bom gosto também!

Coloca-se num frasco grande as amoras e a água ardente com o açúcar. Envolve-se bem.
Deixa-se estar nesse frasco durante  mês, mexendo diariamente.
No fim dos dias, escorre-se, engarrafa-se e aguarda-se mais uns tempos (um mês no mínimo).
Após, é colocar a boca ao licor!! :)

23 novembro 2010

Coelho Assado no Forno

Aprendi não só a gostar de coelho, como também a fazê-lo! Isto porque o meu mais que tudo fez-me apreciar o bom coelho... por isso, este, a minha primeira experiência, foi especialmente para ele... E estava muito gostoso...

Tempera-se o coelho com sal, pimenta, 3 dentes de alho esmagados, azeite, alecrim, louro, vinho branco, whisky e massa de pimentão.
Eu deixei o coelho temperado de um dia para o outro para ganhar sabor. 
Num tabuleiro coloquei azeite e cebola às rodelas. Coloquei o coelho por cima, com batatas aos pedaços ao lado e por cima, adicionei o molho onde o coelho esteve. Adicionei pedaços de Bacon, alecrim e um pouco mais de azeite.
Depois levei ao forno. De vez em quando ia regando o coelho, misturando as batatas. A meio da cozedura, virei o coelho para ganhar mais cor e ficar mais tostadinho! :) 
Pode-se acompanhar com salada, ou legumes salteados, dependendo do gosto!

21 novembro 2010

Cupcakes - Nuvem de Natal

 Uma ocasião especial merece igualmente um sabor especial! Por isso decidi fazer estes mini bolinhos! Segui a sugestão dada pela Martina B. do blog "Sabores em Contraste" à B.V. do blog "O Mundo da B.V." :) Num aniversário, os cupcakes ficam igualmente bem e são diferentes!
Estes que fiz, e como gosto de os chamar: Nuvens de Natal (não sei o porquê deste nome mas quando olho para eles, fazem-me lembrar nuvens e natal, daí, Nuvens de Natal!), guiei-me por Aqui
Apesar de ficarem muito gostosos, enchi de mais as tacinhas e ainda, enquanto fui tomar o meu banho, deixei queimar um pouco... Para a próxima tenho que ter mais cuidado!!!

Nuvens de Natal...
4 ovos
100g de manteiga
100g de chocolate em barra
200g de açúcar (eu utilizei apenas metade de açúcar amarelo)
100g de farinha
1 colher de chá de fermento
Começa-se por derreter o chocolate em banho-maria. Bate-se as gemas com a manteiga e o açúcar.
Adiciona-se o chocolate derretido. Junta-se a farinha e o fermento e, à parte, batem-se as claras em castelo, adicionando-as ao preparado e envolvendo tudo muito bem.
Coloca-se a massa em forminhas e leva-se ao forno.
Depois de estarem prontas, basta decorar com o que se quiser! No meu caso confesso, fui pela lei da preguiça... No mesmo dia tinha feito a Serradura, pelo que já a pensar nos Cupcakes, guardei um pouco de natas para colocar por cima dos bolinhos. Depois, como as forminhas eram vermelhas, achei que um morango ficaria bem e se adequava perfeitamente com o momento! :)

16 novembro 2010

Caldeirada de Lulas

Um dos pratos mais apreciados por mim! Consequentemente, um prato que está presente na mesa cá de casa com alguma frequência!!!

Lulas
Batatas
Meio copo de vinho branco
Camarões
1 cebola grande
2 dentes de alho
louro, azeite
1 malagueta
1 tomate maduro ou polpa de tomate
Pimento verde
Salsa, pimenta, sal q.b.
Alecrim

O primeiro passo são as lulas. Começa-se por amanha-las, lava-las e corta-las às rodelas. 
Cobra-se o fundo do tacho com azeite e dispõe-se a cebola às rodelas, seguida do tomate, alho, louro, pimenta, colorau, piripiri, alecrim, carqueja, o pimento colocado às tiras, as lulas e um raminho de salsa. Tapa-se e deixa-se estufar em lume não muito forte.
Posteriormente, rega-se com o vinho e rectifica-se os temperos. Quando as lulas já se encontrarem meio cozidas, adiciona-se as batatas às rodelas, o camarão e/ou berbigão. Convém mexer-se devagarinho por vezes.
Quando pronto, adiciona-se salsa picada e serve-se bem quentinho.

13 novembro 2010

Serradura


Têm sido dias muito cansativos, sem dúvida.... exaustivos! E são os pequenos prazeres que nos sabem imensamente bem! A dieta, essa tem que esperar... tem que dar lugar a maravilhas que ajudam a vida a ficar mais doce e saborosa :) No meu caso, confesso, adoro esta sobremesa... não sei porquê... talvez pela bolacha moída... mas o certo é que quando faço, como que nem uma desalmada... No momento, acho que nem me lembro muito bem das calorias... só mais tarde... :P eheheh :P
Esta fiz para um jantar especial...

2 pacotes de natas
1 lata de leite condensado
150g de bolacha maria moída

Uma receita muito simples... 
Basta bater as natas (dez minutos antes de as utilizar, coloque-as no congelador). De seguida, coloque o leite condensado e bata mais um pouco até envolver tudo. 
Depois é juntar a bolacha. Se preferir pode juntar a mesma às natas e mexer tudo ou então, fazer camadas. No meu caso, em metade do preparado das natas e do leite condensado, adicionei um pouco de bolacha., onde fiz uma primeira camada, adicionei uma outra de bolacha e seguidamente, mais uma camada de natas. Enfeitei com bolacha moída e bolacha inteira, como mostra as fotos.

09 novembro 2010

Pão de Alho

 Depois de um dia saturado de aulas, trabalhos e mais trabalhos, é bom chegar a casa, preparar algo bom e quente, e, sentar à mesa e saborear... 
É um lembrar de tempos antigos em que íamos à pizzaria e nunca desprezávamos um bom pedaço de pão de alho... Diz-se que recordar é viver, e foi isso mesmo! Tornei o final do meu dia, num momento bastante agradável, de lembranças e de sabores... :)
E para quem quiser experimentar, aqui fica:
1 baguete de pão
2 dentes de alho grandes
Azeite
Manteiga
Queijo ralado
Bacon 
Óregãos 
Primeiro corta-se a baguete em rodelas.
À parte, pica-se o alho muito bem picadinho e leva-se ao lume com a manteiga e o azeite.
Leva-se o pão a ganhar um pouco de calor ao forno, a 180º e, posteriormente, aplica-se no pão com a ajuda de um pincel. 
Coloca-se o queijo, o Bacon e os óregãos a gosto e leve ao forno a tostar.
Depois é só retirar e servir bem quentinho!!! Delícia :)

04 novembro 2010

Bolo de Cenoura e Noz

 
Esta é uma receita que deram à minha mãe e que é deliciosa para esta época do ano! Combina muito bem...

2 copos de açúcar
1 copo de óleo
2 copos de farinha
5 ovos batidos
2 colheres de chá de canela
1 colher de chá de baunilha
1 colher de chá de fermento em pó
1 colher de chá de sal
1 colher de chá de soda
1 copo de cenoura ralada
1 copo de nozes partidas
1 copo de maçã cortada às lascas finas

Junta-se todos os ingredientes à excepção da cenoura ralada, da maçã, das nozes e do sal. Mexe-se tudo bem e adiciona-se os restantes ingredientes, batendo novamente.
Leva-se ao forno, a 180º, numa forma untada de manteiga e polvilhada de farinha.
Quem gostar e preferir pode adicionar passas de uva.

01 novembro 2010

Bolinhos de Batata

Tal como aqui na terrinha se chama, "Dia dos Santos", é tradição os mais pequenotes irem de casa em casa pedir o bolinho... E eu, sem excepção, lá ia há uns anos atrás, toda contente de saco na mão pedir à tiazinha para dar os bolinhos!!! :) saudades desses tempos!
Por isso, vou deixar uma de tantas receitas que existem dos bolinhos dos santos...e que eu adoro (comer)!
 1 kg de batata
1 kg de farinha
750g de açúcar (eu utilizo metade apenas)
2 ovos
1 colher de chá de erva doce
1 colher de chá de canela 
2 colheres de chá de fermento
raspa de limão
Nozes, passas de uva, pinhões, avelãs a gosto
ovo batido para pincelar

Coze-se as batatas. Depois de cozidas, pisam-se no passevite.
No puré da batata, colocam-se todos os ingredientes. Amassa-se tudo com as mãos, muito bem, formam-se bolinhas e coloca-se em tabuleiros polvilhados com farinha. Quem preferir pincela os bolinhos. Nós aqui em casa só colocamos farinha, apenas. leva-se então em forno médio a cozer :) E....já está!! :)

30 outubro 2010

Bacalhau com puré num dia chuvoso


Está um dia terrível, daqueles dias de inverno em que acordamos a ouvir os pingos de chuva cair lá fora e o vento a bater nas árvores... no meio disto, só apetece mesmo permanecer na cama. Voltar a repousar no meio dos lençóis, quentinhos e a ouvir o dia tempestuoso lá fora! É péssimo dias deste, mas é, ao mesmo tempo, tão gostoso... melhor ainda se tivermos com uma pessoa especial ao nosso lado...
Mas, deixando-me disto, é um dia fantástico para passar junto do lume, comer umas castanhas assadas, que caiem tão bem...e Um bacalhau no forno com puré... é igualmente uma delícia para este dia... deixo aqui a receita:
Bacalhau (1 posta por cada pessoa)
Batatas (5 médias por cada pessoa)
3 Cebola
2 dentes de alho
Azeite, pimenta, leite, sumo de limão q.b.
1 folha de louro
1 piripiri

Num tacho coze-se as batatas com água e sal. Assim que cozidas, pisa-se as batatas e coloca-se novamente ao lume (brando). Coloca-se pimenta, sumo de limão, margarina e leite a gosto e até formar a consistência desejada.
À parte, corta-se a cebola às rodelas e leva-se a fritar num fio de azeite. Acrescenta-se o alho picado, uma folha de louro, pimenta e um pouco de piri-piri. Quando a cebola estiver dourada, e em lume brando, acrescenta-se o bacalhau demolhado. Vai-se virando para que fique bem de ambos os lados. 
Posteriormente, e depois de pronto, coloca-se no meio de um pirex, com a cebola. Acrescenta-se o puré de batata em volta e leva-se ao forno para tostar e ganhar um pouco de cor. Assim que conseguido, retira-se e é só servir... :)
Para finalizar o almoço, fruta cozida! Maçã Cozida, uma vez que as pêras já se acabaram!!!
1 maçã - descascar, partir em quartos, retirar os caroços e colocar num tachinho. Adicionar 2 colheres de sopa de açúcar, pau de canela e umas 6 colheres de sopa de água. (é conforme)
Depois é só colocar em lume bem baixinho e comer! Esta semana tem sido a minha sobremesa. :)

23 outubro 2010

Bolo para "O meu 27º aniverssário"

Ora aqui deixo um bolinho delicioso e com o qual, participo no passatempo "O meu 27º Aniversário" do Blog O mundo da B.V..
Tal como pedido, é um bolo que é económico, fácil, delicioso.... e a meu ver... simples mas bonito! :) 
Pão-de-ló com recheio de doce de ovos e bolacha tostada embebida em café (que eu adoro). É decorado também com uma camada de doce de ovos, chocolate de cozinha e em cima, crisantemos, as flores do jardim da mãe :)
Aqui fica a receita:
7 ovos (clara e gema)
1 colher de sobremesa de fermento
1+1/2 chávena de farinha
1 chávena de açúcar
manteiga para untar
Chocolate de cozinha lascas
Bolacha tostada
Café q.b.

Para o doce de ovos: 4 gemas de ovos, 6 colheres de açúcar e 8 colheres de sopa de água. Junta-se tudo, mexe-se bem e leva-se ao lume a engrossar.

Primeiro pré-aquece-se o forno a 180º e começa-se por separar as claras das gemas. Adiciona-se o açúcar às gemas e aqui, coloco uma chávena mal cheia de açúcar pois gosto dos bolos pouco doces, para além de fazer melhor à saúde.
Bate-se as claras em castelo.
Adiciona-se ao preparado dos ovos a farinha, o fermento e as claras batidas. Envolve-se tudo muito bem e com cuidado.
Unta-se uma forma redonda com manteiga e polvilha-se com farinha. Posteriormente coloca-se a massa do bolo na forma e leva-se ao forno.
Quando pronto, e utilizando a técnica do palito, retira-se e desenforma-se. Deixa-se arrefecer um pouco e corta-se o bolo ao meio a fim de ficarem duas metades. 
Barra-se ambas as metades com o creme de ovos. Seguidamente prepara-se o café num prato a fim de embeber as bolachas e colocar uma camada numa metade do bolo. Quando a mesma estiver coberta com a bolacha, coloca-se a outra metade.
Cobre-se o bolo com o creme de ovos. Lasca-se a tablete de chocolate com a ajuda de uma faca e enfeita-se a gosto. Neste caso, utilizei flores brancas que vêem com as velas que compro nos supermecados, ou seja, a parte inferior onde a vela costuma encaixar e, em cada flor dessas coloquei uma flor em botão ainda do jardim da minha mãe. Uma forma económica e original :)

14 outubro 2010

Arroz de Tamboril

Os dias passam e o tempo é tão escasso que acabamos por deixar algumas coisas para trás... Mas hoje tirei um tempinho para vir aqui, embora que um pouco rápida a minha visita! Prometo voltar com mais tempo para poder dar a espreitadela merecida aos blogs vizinhos :)
Quanto à receita, a foto não está muito favorecida mas dá para perceber! E no que respeita à "cobaia"... Comeu, saboreou e acho que gostou...
Aqui fica:
Tamboril
1/2 Pimentos (vermelhos e verdes)
3 Dentes de Alho
1 Cebola
Arroz
Camarões com casca
Caldo de marisco ou peixe (eu utilizei de marisco)
Louro, alecrim, pimenta moída, colorau e sal q.b.
Azeite
1 Malagueta
1dl vinho branco
Tomate ou polpa de tomate
Salsa picada

Comecei por levar ao lume num tacho de barro o azeite com a cebola e o alho. Deixei alourar um pouco e juntei os pimentos cortados, louro, alecrim, malagueta e a polpa de tomate.
Reguei com o vinho branco e adicionei as postas de tamboril assim que levantou fervura. Temperei com sal, colorau e pimenta. Deixei estar um pouco e adicionei água suficiente para a cozedura do arroz. Juntei o caldo e, posteriormente, o arroz. Quando este se encontrava quase cozido acrescentei os camarões com a casca. Rectifiquei os temperos, adicionei salsa picada e servi de imediato... :)

03 outubro 2010

Chícharos com couves migadas

Ora aqui deixo mais uma receita tradicional e simples de chícharos :)

Aqui em casa costumamos demolhar os chícharos, coze-los na panela de pressão e dispor por taças que levamos a congelar para ser mais prático, posteriormente! :)
Assim, cortam-se batatas às rodelas, a couve migada e leva-se ao lume (eu coloco tudo ao mesmo tempo). Como os chícharos já estão meio cozidos, junto-os quando o resto estiver quase pronto. Acompanhei com febra de porco... mas fica óptimo com um bacalhau cozido, toucinho, costeleta... enfim... fica bom com tudo :)

02 outubro 2010

Sopa de Chícharo

Como este fim de semana é o festival gastronómico do Chícharo em Alvaiázere, resolvi deixar aqui umas receitas, simples, mas muito saborosas! Há muita gente que não gosta...Muitos casos até em que tiveram uma primeira experiência negativa... mas o chícharo é uma leguminosa bastante deliciosa... é preciso é ser bem preparada :)
Anteriormente postei uma outra receita, Chícharada de Marisco, onde explico melhor, para quem não saiba o que são os chícharos :)

Por agora, deixo uma das muitas maneiras de se fazer sopa de chícharos... esta vai ao encontro da sopa da minha avó... uma sopa forte, de "entulho" e "enchimento" como diz a corrente popular!
Geralmente é feita a olho... utilizo sobras de chícharos de outros pratos e por isso, não vou deixar quantidades...

Chícharos
1Cebola
1 Cenoura
Batata (não muita)
Quem preferir pode também colocar abóbora, dá muito bom gosto

A preparação é muito simples....basta cozer todos os ingredientes, pisa-los e voltar a colocar no lume. Quem preferir pode juntar um pouco mais de cenoura partida em pedaços e chícharos. Eu coloquei também um pouco de esparguete, um fio de azeite. Tempera-se a gosto com sal e têm-se uma sopa rica, fácil de fazer e bastante gostoso :)
(Os chícharos tem que ficar de molho... a sua preparação é tal e qual como o de grão, feijão, etc)

27 setembro 2010

Chiffon de Chocolate

Uma delícia fofa de chocolate...
E uma das receitas que desde sempre esteve presente à mesa! Uma das predilectas da minha mãe, tanto de fazer, como de comer! 
Este ficou bastante saboroso e extremamente fofinho :)

250g farinha
350 g de açúcar
meia chávena de óleo (2,5dl)
4 colheres de chá de cacau desfeito
7 ovos
3 colheres de chá de fermento em pó
1 colher de chá de bicarbonato
1 colher de chá de baunilha líquida
1 pitada de sal fino
meia chávena de água

Mistura-se a farinha com o fermento em pó. Seguidamente, coloca-se o açúcar, as gemas, a baunilha, o cacau, a água e o óleo. Mexe-se bem.
Junta-se uma pitada de sal e de bicarbonato e adiciona-se as claras batidas em castelo, envolvendo cuidadosamente na mistura da massa.
Verte-se para uma forma de buraco passada por água e leva-se ao forno.
Depois de cozido, retira-se a forma ainda quente e coloca-se invertida, ou seja, para baixo, apoiada em chávenas de café por exemplo, deixando assim até arrefecer.
Quando frio, desenforma-se e fica prontinho a dar uma trinca :)

24 setembro 2010

Camarão com caril

De volta o fim de semana e com ele, mais um tempinho livre para dar aqui uma espreitadela, uma visitinha nos amigos e claro, deixar mais uma receitinha :)
Esta receita fiz especialmente para a minha mãe esta semana, que como mãe galinha que é, não deixou de nos fazer uma visitinha em Leiria :) E faz ela muito bem :P

Espero que seja do vosso agrado...retirei da revista "Mulher Moderna na Cozinha" e serve tanto como prato, como entrada. No meu caso, servi como prato principal e acompanhei com arroz branco.
Quanto à confecção, fui seguindo a receita expecto as medidas que fui pondo um pouco a olho... mas acho que calhou bem! Ficou delicioso e a mamã gostou muito... ora aqui fica:

24 camarões
1dl azeite
30g manteiga
1 folha de louro
1 cebola
6 dentes de alho
1 colher de chá de caril
1dl de vinho branco
0.5dl de uísque
1 dl natas
1 raminho de coentros picados
rodelas de limão
sal e pimenta q.b.
Comece por descascar os camarões, deixando apenas a cabeça e a cauda.
Aqueça em lume brando o azeite e a manteiga e quando estiver quente frite os camarões. Acrescente a folha de louro, a cebola e os alhos picados e envolva cuidadosamente.
Tempere com o sal, a pimenta e o caril. Refresque com o vinho e o uísque. Assim que levantar fervura, verta em fio, as natas e deixe apurar.
Rectifique os temperos e sirva polvilhado de coentros picados e acompanhe com rodelas de limão.

20 setembro 2010

Bolo de Cenoura e Nozes

De regresso à rotina... horários! Agora é que vai doer... 
Mas para celebrar os tempos que se avizinham deixo mais uma receita gulosa! Óptima para um bom lanche com as amigas, por exemplo! E também para aproveitar nozes antigas, que aqui em casa ainda pairam bastantes :)

Ingredientes:
4 ovos inteiros
2 chávenas de açúcar
2 chávenas de farinha
1 chávena de óleo
1 chávena de cenoura ralada e crua
1 chávena de nozes partidas aos pedaços
1 pitada de canela
1 colher de café de fermento
Preparação:
Primeiro bate-se os ovos inteiros com o açúcar, a farinha, óleo, cenoura, nozes, a canela e o fermento. Envolve-se tudo bem.
Seguidamente, unta-se uma forma com manteiga e polvilha-se com farinha. Verte-se a massa para a mesma e leva-se ao forno a 180º.
Quando pronto e depois de frio, desenforma-se. Polvilha-se, se preferir, com açúcar fino e cenouras em massa.

17 setembro 2010

Batido de Melão com Licor Beirão

Para quem gosta e aprecia a mistura da fruta com uma boa bebida, aqui tem... Muito fácil de fazer, aliás, o procedimento é o mesmo que o do batido de melão com hortelã aqui postado... Apenas ao invés de colocar a hortelã, não! Faz-se o batido normalmente e só no final, em cada copo, se junta o licor a gosto de cada um!! Fica diferente mas muito bom :)

12 setembro 2010

Salmão com molho de camarão e mostarda

Este dia trouxe muitas coisas boas... Começou desde cedo, especial! Dá vontade de parar o tempo e permanecer assim, a contemplar e a usufruir das delícias e dos momentos bons que o dia trouxe! 
E para ficar ainda melhor, decidi experimentar uma receita nova que vi no blog "As Receitas da Amelie" :) 
Fiz apenas algumas alterações, nomeadamente, grelhei o salmão em vez de fritar...

Postas ou lombos de salmão
Pimenta moída
Sumo de 1 limão
Sal
Natas de culinária (mais ou menos meio pacote)
1 colher de sopa de sementes de mostarda em vinagre
Miolo de camarão
Cebolinho picado (eu utilizei salsa)
Azeite
Começa-se por temperar o salmão com sal, pimenta e o sumo do limão. Deixei estar um tempo a repousar e grelhei. 
À parte, fiz o molho. Um fio de azeite numa frigideira (coloquei também um pedaçinho de manteiga de alho) e frita-se o miolo de camarão até ficar bem douradinho. Seguidamente coloca-se a mostarda e as natas e deixa-se até ficar mais espesso. (quem preferir fritar o salmão, o molho é feito na frigideira do mesmo)
Cobre-se o salmão com o molho e polvilha-se com cebolinho, que no meu caso, utilizei salsa. 
Servi com batatas assadas, polvilhadas de óregãos e salada de alface e tomate... Estava muito gostoso... De certo, é uma receita para fazer novamente :)

10 setembro 2010

Bolo de Sumo de Ananás

Ainda tinha um resto de ananás em calda do anterior aqui postado, bolo de ananás... pelo que, resolvi fazer uma nova sobremesa, desta vez, para surpreender a minha mãe com um belo lanche! E acho que gostou! 
O primo que veio jantar cá a casa, assim como o meu amor, também experimentaram (deu para lanche e para sobremesa ao jantar com as maçãs rainetas assadas) e, segundo eles, estava muito bom!
É um bolo que se torna fresquinho... é óptimo para dias mais quentes! É simples e ao mesmo tempo, mais requintado :) Experimentem xD

Ingredientes:
4 ovos
100g de farinha
1 colher de chá de fermento
170g de açúcar (eu utilizei 100g)
2 dl de sumo de ananás
Chantilly ou natas
Numa taça bate-se as gemas com o açúcar. Adiciona-se três colheres de sopa de sumo de ananás, a farinha misturada com o fermento, mexendo sempre e, por fim, as claras batidas em castelo.
Unta-se uma forma redonda e sem buraco com manteiga. (Polvilhei também com um pouco de farinha parar ser mais fácil desenformar.)
Coloca-se a massa na forma e vai a cozer durante mais ou menos, 50 minutos.
Assim que esteja cozido, desenforma-se e corta-se ao meio. Rega-se cada uma das partes com o restante sumo de ananás.
À parte, bate-se as natas, ou quem preferir, coloca chantilly! (No meu caso bati as natas. Dividi as natas depois de batidas por duas taças e numa delas, adicionei, e neste caso, porque gosto muito de encontrar fruta, pedaçinhos de ananás. Barrei a metade do bolo com as natas com o ananás e coloquei a camada de bolo por cima.)
Barra-se o bolo todo com as natas e enfeita-se com pedaços de ananás, chocolate raspado ou ainda nozes! É como preferir... Leva-se ao frio até servir para ficar bem fresquinho.

08 setembro 2010

Batido de Melão com Hortelã

Estou novamente de volta e trago mais uma receita... não sei se do agrado de todos, mas a mim, soube-me muito bem! :) Como hoje é dia de mercado, a minha mãe trouxe um melão delicioso de casca de carvalho... o meu preferido!!! E por isso, decidi fazer um belo batido com aroma a hortelã :)
 2 fatias grandes de melão
1 colher de sopa de mel
2 folhas de hortelã
2dl de leite

Coloquei no liquidificador o melão partido em pedaços, o leite, mel e as folhas de hortelã picadas. Dispus por copos (deu-me para 3 grandes) e decorei com hortelã! Não coloquei gelo pois o melão já estava um pouco fresco e prefiro batido natural, mas quem preferir pode colocar :)
Fica bem gostoso! 

Agora outra coisa que não tem nada a ver mas que também tem a ver... é o meu dossier de receitas! Novo!!! Quer dizer, antigo! Mas adaptado! Dêem uma espreitadela...está nas Pegadas de Veludo! Colei tecido com flores e feltro castanho :) E ainda um laço para dar uma gracinha! Não gostava do dossier antigo, sem nada... por isso decidi coloca-lo um pouco mais a meu gosto! 
Agora estou também a passar a limpo as minhas receitas para ficar todo bonitinho!

02 setembro 2010

Bolo de Ananás

Depois de mais uma de tantas ausências, deixo um pedaçinho de bolo de ananás... que apesar de não ter ficado muito coradinho, ficou muito gostoso! Se deixa-se um pouco mais no forno, ficava queimado!!

Ingredientes:
6 ovos
2 chávenas de farinha
2 chávenas de açúcar
1 colher de chá de fermento
1 pitada de sal
Ananás em lata

Começa-se por bater as gemas com o açúcar. Deita-se uma pitada de sal, juntamente com 5 colheres de sopa do sumo do ananás e, envolvendo tudo muito bem.
À parte bate-se as claras em castelo e adiciona-se ao preparado anterior, com a farinha e o fermento. 
Com manteiga unta-se uma forma redonda sem buraco e barra-se com as rodelas de ananás. Depois é só deitar a massa do bolo e levar ao forno :)

Como vêem, muito simples! Para quem gosta de encontrar fruta, pode ainda cortar pedaçinhos de ananás e colocar na massa do bolo... fica bastante saboroso também...

25 agosto 2010

Mousse de Chocolate Caseira

Um doce tradicional e usual mas que de vez em quando sabe sempre bem! Ainda para mais se for caseira... que pessoalmente, não gosto de mousses de chocolate muito doces nem das instantâneas.
 100g de chocolate
100g de manteiga
5 colheres de sopa de açúcar
5 ovos

Começa-se por levar em lume muito brando o chocolate e a manteiga a derreter. Quando pronto, adiciona-se o açúcar e mexe-se bem.
Seguidamente, retira-se do lume e deixa-se arrefecer um pouco. 
Vai-se adicionando as gemas dos ovos, uma a uma, envolvendo cada uma.
À parte, batem-se as claras em castelo e verte-se o preparado anterior para as mesmas, com cuidado e envolvendo cuidadosamente também.
Dispõe-se em taçinhas pequenas ou numa taça maior e deixa-se arrefecer. Leva-se ao frio!

Quem preferir pode juntar um cálice de licor (café ou outro), ou até mesmo café... dá muito bom gosto! Quanto à decoração... fica ao critério de cada um... pedaços de bolacha, nozes, chantilly, morangos... tudo combina bem!